Ângulos Articulares: Conheça os graus para cada movimento.



151570-conheca-4-usos-do-goniometro

Os ângulos articulares são fundamentais para a avaliação fisioterapêutica, isso faz com que o profissional no ato da sua avaliação obtenha precisão na mensuração dos graus de amplitude.

A Mensuração dos ângulos articulares (verifica em todas as articulações) é comumente realizada pelo goniômetro (instrumento que mede ângulos). Essencial na avaliação da função do paciente com incapacidade muscular, neurológica ou esquelética.

A base de avaliação de todo fisioterapeuta é a goniometria. O fisioterapeuta deve saber mensurar o arco de movimento. Todo paciente que for ser avaliado vai passar pela avaliação na goniometria, entre outras avaliações.

Na avaliação, o profissional também deverá entender qual a base natural dos Ângulos Articulares, abaixo você encontra uma tabela da Saúde em Movimento, para dar referência a sua avaliação:

Tabela de Kendall & McCreary

Articulação Movimento Graus de amplitude
Ombro Flexão 0 a 90
Extensão 0 a 45
Abdução 0 a 180
Rotação medial 0 a 55
Rotação lateral 0 a 45
Cotovelo Flexão 0 a 150
Antebraço Pronação 0 a 90
Supinação 0 a 90
Punho Extensão 0 a 70
Flexão  0 a 80
Desvio radial 0 a 20
Desvio ulnar 0 a 30
Quadril Flexão 0 a 135
Extensão 0 a 30
Abdução 0 a 50
Adução 0 a 30
Rotação lateral 0 a 45
Rotação medial 0 a 35
Joelho Flexão 0 a 135
Tornozelo Flexão dorsal 0 a 20
Flexão Plantar 0 a 50
Inversão
Eversão
Coluna Cervical Flexão
Coluna Torácica Extensão
Flexão lateral 0 a 45
Rotação
Flexão
Coluna Lombar Extensão
Flexão lateral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *