Você sabia: Fortalecimento da pelve promove melhora da performance na corrida

Slide1

Boa tarde pessoal, tudo bem?

Segue uma matéria bem legal sobre fortalecimento da musculatura Pélvica. Boa leitura.

 

Abraços,Tamires Jeremias

Coordenadora Resportes.

 

Preocupada com o aumento das lesões entre os corredores, a fisioterapeuta Roberta Quinn desenvolveu um treinamento preventivo para corredores, que fortalece a pelve com o método Gyrotonic, e um curso baseado em fisioterapia,  para fisioterapeutas e educadores físicos.

 

“Não assisto mais nenhuma corrida de rua, não consigo me controlar vendo tantas coisas erradas. É corredor correndo torto, gente trotando totalmente encurvada, alguns educadores físicos dando aquecimentos e alongamentos equivocados. O resultado, lesões”, dispara Roberta, que é máster trainer do método Gyrotonic, com graduação em Nova York (EUA).

Conheci a Roberta em 2007, quando escrevia a coluna Mania de Correr no Jornal da Tarde. Ela tinha acabado de retornar de Nova York e abrir seu estúdio no Itaim Bibi, em São Paulo. À época fiz uma matéria sobre este método romeno, uma super yôga com aparelhos, que acabava de aterrissar no Brasil (mais detalhes abaixo).

Como ela é formada no exterior aprendeu ser mais importante prevenir lesões do que tratá-las. Pensando nisso, em como frear essa rotina crescente de corredores lesionados, Roberta desenvolveu um curso para educadores físicos com foco nos corredores. Fui lá conferir em uma sessão individual. “Para correr rápido tem que termovimentos amplos, boa postura e leveza; mas na maioria dos casos não é isso que vemos nos corredores amadores”, comenta Roberta

Uma das primeiras coisas que Roberta me perguntou era como eu me sentava. Fiquei na maior dúvida. Ela prosseguiu e indagou se seria com a pelve, com os ísquios ou com o sacro? Piorou. Pergunta bem difícil para um leigo. Ela trouxe o esqueleto para me mostrar. Sentar com a pelve é colocar o quadril para frente, como se fosse andar de moto; com os ísquios são com os ossos fortes da parte inferior da bacia; e com o sacro – é o famoso sentar com as costas. O correto é sentar com os ísquios. Este exemplo é apenas para ilustrar a importância da consciência pélvica para o corredor. Entender como funciona seu corpo faz uma diferença danada.

Nos cursos para treinadores de corrida, ela ensina que antes de começar os treinos, é preciso fazer testes funcionais individuais para se ter uma avaliação personalizada do corredor. “Identificar os déficits musculares e estruturais do atleta para aí sim elaborar um treinamento adequado, que evite lesões; e reavaliar de tempos em tempos”, conta Roberta.

Pelve

Não é segredo para ninguém que a maioria dos corredores não aprecia muito musculação e acaba fortalecendo mais quadríceps (coxa) e panturrilha (batata da perna), deixando um pouco de lado os abdutores e adutores; e os músculos da pelve, que sustentam o quadril e a pelve. “Os músculos da pelve são em várias camadas, como uma cebola”, explica.

Músculos da pelve fracos prejudicam a performance na corrida, a energia, o sistema cardiorrespiratório e a postura. Promovem tensão na fáscia (membrana que recobre os músculos) da força motor do quadril, necessária para propulsão; criam uma compensação excessiva dos extensores de pescoço e aumentam o risco de lesões como tendinopatias do glúteo médio e entorses, além de provocar dores em toda a região do quadril.

No curso, veja no vídeo abaixo, ela ensina exercícios para o fortalecimento pélvicos e de propriocepção do alinhamento pélvico e dos membros inferiores, mais das articulações da pelve. Exercícios de conscientização postural, inclusive de alongamento do Iliopsoas, muito conhecido dos corredores. A parte que mais gostei foi uma massagem na fáscia do Iliopsoas – dolorosa no início, mas muito boa no final.

Gyrotonic

Na prática, todas essas informações são muito mais fáceis de assimilar na prática. Passei duas horas com Roberta e aprendi muito. Fiz os exercícios na máquina do Gyrotonic, mas na ausência do equipamento, é possível fazer também (Gyrokineses). Tá, mas o que é isso? O Gyrotonic é um método holístico que promove tônus muscular e melhora das articulações, por meio de movimentos amplos. Ampliando, fortificando e alongando os movimentos, harmonizando com o sistema nervoso. Já o Gyrokineses é realizar esses movimentos sem a ajuda dos aparelhos. Os dois métodos foram criados pelo romeno Juliu Horvath, nadador, atleta e dançarino, que nos anos 70 sofreu uma séria lesão e criou este método como uma yoga para dançarinos. O primeiro estúdio foi aberto em 1984 nos EUA e hoje está espalhado por 72 países. “O polvo, o macaco e o gato são meus modelos básicos porque podem se mover em qualquer direção a qualquer momento com força e controle pois não têm restrições corporais. O corpo humano tem restrições, mas eu posso modelar o corpo – no quadro de suas restrições – mover-se de maneira semelhante, para ser livre”, explica o criador.

Benefícios do fortalecimento e da conscientização da pelve para corredores:

Aumenta força, mobilidade e flexibilidade global; melhora o condicionamento físico e metabolismo; promove a reeducação postural; aumenta a capacidade pulmonar; combate estresse nas articulações; promoção e prevenção da saúde pélvica; prevenção de lesões; aumento de desempenho; reabilitação pós trauma e pós-operatório; desenvolve a coordenação bem coma a bilateralidade; melhora o equilíbrio e a coordenação motora.

Confira abaixo os melhores momentos da nossa “aula”. Confesso que à primeira vista achei que seria moleza, mas como tudo em fisioterapia, você acha simples e depois fazendo se dá conta da complexidade dos movimentos. Me atrapalhei um pouco com a respiração e com os movimentos, depois engrenou. Foram 120 minutos de sessão individual que mudaram minha vida para melhor. Como sou biker, depois ainda pedalei 6km até em casa. Quando cheguei e o corpo esfriou, não conseguia nem me mexer no sofá de tão cansada. Cobre do seu treinador exercícios para fortalecer a pelve! A melhora na corrida é imediata! #corridaparatodos #pelvefortecorridarápida

 

 

FONTE:http://esportes.estadao.com.br

 

Banner_Cursos_Fisioterapeuta

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *