TRT – RN realiza credenciamento para Peritos, com possibilidade para Fisioterapeutas.

fisio

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) realiza até o dia 11 de fevereiro o credenciamento para formação e atualização do cadastro geral de peritos, tradutores e intérpretes para atendimento a toda a sua jurisdição.

Os interessados devem apresentar uma série de documentos, como: requerimento escrito de credenciamento no rol de peritos, tradutores e intérpretes, dirigido à presidência do Tribunal, informando o nome completo, profissão, endereço, e-mail, telefone, CPF, número do registro profissional, número de Identificação do Trabalhador – NIT ou do Programa de Integração Social – PIS; Curriculum Vitae; cópias autenticadas da cédula de identidade e CPF, do diploma de graduação e do título de especialização; quando indicada a especialidade, acostar certidão do órgão profissional ao qual estiver vinculado, atestando a aptidão para opinar sobre a matéria pretendida; comprovante de residência; comprovante de certificação digital; declaração na qual conste todo e qualquer trabalho realizado na condição de assistente técnico, indicando as empresas para as quais atuou; declaração acerca da eventual existência de grau de parentesco com magistrado ou servidor do TRT; comprovante de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal do domicílio do participante; cópia da inscrição de contribuinte como profissional autônomo ou inscrição no Regime Geral de Previdência Social – INSS e no cadastro de contribuintes do Imposto Sobre Serviços – ISS, devidamente autenticada; comprovante de inscrição e regularidade no órgão de classe competente; declaração de dados de conta bancária para fins de crédito de honorários, se for o caso.

CLIQUE AQUI E FAÇA UM CURSO DE PERÍCIA FISIOTERAPÊUTICA

O requerimento e documentos necessários para a inscrição deverão ser protocolados no Setor de Cadastramento Processual e Protocolo, na sede do TRN, na Av. Capitão-mor Gouveia, 3104, Lagoa Nova. O cadastramento pelo profissional implica o conhecimento e aceitação das exigências previstas em lei e no edital.

Fonte: http://blog.tribunadonorte.com.br/abelhinha/104447

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *