Responsável técnico de UTI devem ter título de especialista, conforme legislação.

Na-UTI.adapt.1190.1.sqrcrop

A RDC 137/17, que altera a RDC 7/10, deixa explícita a exigência de especialidade profissional para coordenadores de UTI. Em sua nova forma, a resolução apresenta o artigo 13 com a seguinte redação:

Art. 13 (…)
§ 1º O Responsável Técnico médico, os coordenadores de enfermagem e de fisioterapia devem ter título de especialista, conforme estabelecido pelos respectivos conselhos de classe e associações reconhecidas por estes para este fim. (Redação dada pela Resolução – RDC nº 137, de 8 de fevereiro de 2017)
§ 2º (Revogado pela Resolução – RDC nº 137, de 8 de fevereiro de 2017)

É a Resolução 377 do COFFITO (http://coffito.gov.br/nsite/?p=3140) quem disciplina sobre especialidade profissional, e neste caso específico, quem emite o título de especialista é a ASSOBRAFIR.

CursosTopo

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *