Renato Augusto agradece aos médicos e fisioterapeutas por tempo sem graves lesões.

renato-augusto-treino-corinthians-positivo-640x480-Davi-Ribeiro-Fotoarena

O Corinthians lidera o Campeonato Brasileiro com cinco pontos de vantagem para o Atlético-MG, e um dos destaques da bela campanha do time é o armador Renato Augusto. Uma das razões do aumento de produtividade do jogador sob o comando do técnico Tite é a sequência de jogos que o atleta conseguiu em 2015. Para aguentar a pressão que o calendário do futebol brasileiro exige, o camisa 8 do Timão revelou que já precisou usar meias especiais (usadas também em viagens longas de avião) para melhorar circulação durante os jogos da equipe.

– Ano passado, eu tinha tido uma contratura muscular contra o Cruzeiro e depois fomos jogar contra o Botafogo, em Manaus. Depois voltamos para jogar contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil, em Minas Gerais. Eu estava com uma dor na panturrilha absurda e o doutor falou para colocar uma meia especial para ajudar na circulação sanguínea. Eu não estava conseguindo andar e a meia ajudou bastante para, pelo menos, não desfalcar a equipe – lembrou o jogador no “Bem, Amigos!”.

Depois de passar cinco anos no Bayer Leverkusen, da Alemanha, Renato Augusto chegou ao Corinthians em 2013, com a desconfiança do torcedor pelo excesso de lesões que sofreu ao longo da carreira. Porém, o camisa 8 já está há dois anos sem qualquer problema muscular mais sério e agradeceu ao trabalho especial junto ao departamento médico da equipe.

– Primeiro, tenho que agradecer muito ao Corinthians, médicos e fisioterapeutas, porque muitas vezes tenho que chegar bem antes e sair bem depois de todo mundo. Hoje, eu conheço meu corpo e isso me ajuda muito. Às vezes, falo que estou cansado, que não vai dar e consigo ver até onde meu corpo pode ir. Mas o grande fator é o trabalho especial do Corinthians.

 

Fonte: http://sportv.globo.com/site/programas/bem-amigos/noticia/2015/09/livre-de-lesoes-renato-augusto-revela-uso-de-meia-especial-para-circulacao.html

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *