Multa por parar em vaga de pessoa com deficiência ou idoso será mais cara.

postit_boom_rep_yt_01

O Código de Trânsito mudou e a partir de novembro todas as multas ficarão no mínimo 53% mais caras.

Isso inclui estacionar em vagas de idosos ou de pessoas com deficiência.

Veja o que muda:

Infração leve
– De R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%)
Exemplos: parar sobre a faixa de pedestres ou calçada, usar a buzina em local ou horário proibidos pela sinalização.

Infração média
– De R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%)
Exemplos: transitar em horário ou local proibidos (o “rodízio” em São Paulo, por exemplo), dirigir com o braço para fora, farol ou lanterna queimados.

Infração grave
– De R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%)
Exemplos: estacionar sobre faixa de pedestres ou ciclovia, não dar seta, conduzir o veículo em mau estado de conservação (pneu careca, por exemplo).

Infração gravíssima
– De R$ 191,54 para R$ 293,47 (aumento de 53%)
Exemplos: falar ou manusear celular ao volante, estacionar em vagas reservadas para deficientes e idosos, dirigir sem carteira de habilitação, disputar racha, forçar a ultrapassagem em estradas e recusar fazer o teste do bafômetro.

Cursos_Resportes_Banner

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *