Saiba o motivo das manchas dos Atletas dos Estados Unidos nas Olimpíadas.

13988906_1201436799908193_2082097411_n

Diversos atletas olímpicos, incluindo Michael Phelps, estão sendo fotografados nos últimos dias com a pele tomada por círculos vermelhos. Nadadores e ginastas, particularmente da equipe dos EUA, ostentam as manchas espalhadas pelo corpo. E podemos garantir: não são mordidas de amor ou marcas de uma disputa de paintball! Os esportistas, na verdade, têm se submetido a uma terapia conhecida como “cupping” ou ventosaterapia, em português.

Trata-se de uma técnica milenar de origem chinesa. Normalmente, é utilizada para acelerar a cura de contusões musculares. No caso dos atletas, o cupping ajuda na recuperação da fadiga física causada por treinamentos intensos. Os esportistas garantem que as dores são amenizadas com as sessões.

Mas… E como surgem essas manchas? O cupping consiste em posicionar pequenos recipientes no corpo com uma chama dentro. Os vasilhames costumam ter um formato similar ao de uma xícara e ficam completamente vedados. Quando o fogo apaga, a queda da temperatura e o consumo do oxigênio criam a sucção que adere cada copo à pele.

Cursos_Resportes_Banner

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *